Rituais de autoconhecimento

20121025-113409.jpg

Manter um diário sobre “eventos emocionais” cotidianos – mesmo que você tenha pouco tempo – ajuda o autoconhecimento, porque impulsiona uma percepção mais profunda e contínua sobre si mesmo.
Se você se sentiu triste durante o dia, escreva sobre isto e tente expressar o que acompanhou este estado de ser.
E através de um diário, mesmo que sejam breves linhas, você começará a reconhecer determinados padrões e hábitos em conexão com seus estados emocionais e emaranhados em suas atividades cotidianas e relacionamentos.Por exemplo, um amigo me contou que estava tentando não ficar em pânico quando era chamado pelo (seu) supervisor de área. Escreveu: “fui até a sala dele e foi como se eu me sentisse acuado. Eu me vi apavorado diante da expectativa de ser demitido. Mais tarde, quando voltei a mim, e sozinho na minha sala, me vi sem recursos e com medo de perder o emprego, ficar sem dinheiro. Reconheci que tinha uma falta de intimidade com qualquer sentimento ou ideia de abundância.”
Este homem adquiriu, ao escrever, uma percepção mais profunda a respeito de si mesmo e sua relação com o trabalho em conexão com o padrão de abundância. Ao ser chamado pelo supervisor, e ainda que sem motivo aparente, sempre se sentia em pânico diante da possibilidade de ser demitido. Contudo, notou, mais tarde, seu padrão familiar de carência, que o cindia da abundância e o mantinha cativo na vibração do medo e da escassez.
Para complementar seu “diário emocional”, você pode também fazer uso de afirmações. As afirmações estabelecem forte ressonância entre as palavras e os estados emocionais na própria alma e contribuem com pequenas, mas necessárias mudanças de comportamento ou atitudes que atrapalham o nosso crescimento e bem-estar.
Assim, ao fazer sua afirmação, procure escrever com simplicidade e objetividade; escreva “Eu”, de modo que sua (s) afirmação (s) seja ativa e acentue as qualidades de que necessita aflorar, e não necessariamente as condições externas que queira modificar.
Por exemplo: no lugar de dizer “Eu afirmo que encontrarei um emprego”, escreva: “Eu busco clareza para saber onde posso trabalhar. Eu sou bastante criativo para romper padrões antigos para mudar minha condição atual, contribuindo plenamente com meus talentos e serviços.”
Ainda, para fortalecer sua (s) afirmação (s), procure cuidar de seus pensamentos e palavras (o que diz a si mesmo e aos outros).
Por fim, faça sua afirmação em voz alta, se possível, pois isto dá força à sua mensagem. Decore sua afirmação e a recite em qualquer situação na qual se sinta tenso ou vulnerável. Mas procure fazer isso diariamente, porque estas práticas reiteradas darão contorno e realidade aos seus (novos) objetivos para uma existência luminosa…
Saudações e carinhos!
Eugênia Pickina

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Oh, Eugênia, como é que eu não conhecia este seu blog? Fui lendo os temas e a, digamos, introdução de cada postagem, mas vou “continuar lendo”, um a um, paulatinamente para poder digerir todo conhecimento que você, generosamente, compartilha. Continue, pois…
    Abraço carinhoso e pleno de gratidão.
    Suzete

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: