Paciente ativo

Será possível algum médico trazer solução definitiva e cura para algum paciente?

Será o melhor papel como paciente ficar na passividade esperando que a solução venha do outro?

De quem é a nossa saúde? Quem é o maior interessado?

Por mais que possamos ter a ajuda dos profissionais de saúde para o equilíbrio de nosso corpo e mente será que alguém pode nos dar a solução definitiva? Será que um medicamento é capaz de nos dá algo tão precioso?

Depois que melhoramos de nossos sintomas e retomamos ao equilíbrio após um tratamento, como manter este estado?

Será que para ter saúde e bem estar basta irmos a um consultório médico ou a uma farmácia?

E a nossa parte? A parte de quem está doente, nada é preciso ser feito?

É necessário ser paciente ativo. Assumir o poder de gerenciar a própria saúde, assumir os próprios cuidados, interagir com os profissionais de saúde, indagá-los e pedir a eles orientações de como cuidar da própria saúde em relação a situação que fomos tratar, procurar informações em livros, revistas, sites, vídeos, palestras e arregaçar as mangas e se dedicar a esta benção que se chama estar saudável.

Flávio Vervloet

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: